Engana-se quem pensa que o sucesso de uma empresa está somente atrelado às cifras que ela movimenta em um mercado. Essa é só a etapa final dentro de um grande processo de planejamento e organização – tanto de equipes quanto de tarefas.

O êxito de qualquer atividade está diretamente relacionado ao empenho despendido em sua realização, ou seja, os resultados exprimem a força de ação.

Por isso, é de extrema importância que as empresas desenvolvam seu trabalho não só em virtude dos seus objetivos, mas que, também, considerem os dos seus colaboradores. Elas precisam trabalhar as relações e a satisfação do funcionário. Devem promover ações que os motivem, continuamente, para a realização de suas demandas. O engajamento da equipe é que conduz as empresas ao sucesso.

Por que confraternizar?

Momentos de descontração, que fujam das rotinas habituais, são mais que necessários neste processo. As confraternizações devem estar presentes nos calendários empresariais. Aniversários, datas festivas ou metas alcançadas: todos são momentos propícios para a valorização do colaborador e para promover seu entendimento a respeito de sua participação dentro da empresa.

O resultado será uma equipe satisfeita, com motivação para realizar um bom trabalho. Momentos de descontração, que quebram a rotina, favorecem a motivação e cooperação dos funcionários. E, por isso, eles ajudam a tornar os colaboradores mais dispostos a encarar seus futuros na empresa.

Há diversos estudos que relacionam a satisfação e motivação dos funcionários à melhoria de desempenho e maior produtividade. Portanto, promover confraternizações, poderá ser algo positivo para o clima organizacional, para o engajamento dos funcionários e para os resultados da empresa. Por isso, as confraternizações devem deixar de ser exceções e virar uma prática nas organizações.

Quando confraternizar

Todas as vitórias e bons resultados devem ser comemorados; comemorar conquistas impulsiona os funcionários a buscarem resultados melhores.

E. com mais um ano encaminhando-se ao final, é hora de dar início ao planejamento das chamadas festas de final de ano e, consequentemente, de uma confraternização da empresa. Essa é a data que fecha um ciclo – mais um ano que passou, sendo, sem dúvidas, a mais esperada pelo grupo de funcionários.

Para a direção, é uma oportunidade de promover a integração entre todos e agradecer a colaboração de cada um dentro dos negócios. É hora de ressaltar os bons resultados e compartilhar as conquistas. É hora de transmitir gratidão ao funcionário, fazendo-o sentir-se bem dentro do ambiente de trabalho e realizado com a profissão. Momentos como estes trazem significado ao trabalho e, ainda, humanizam a empresa perante seus colaboradores.

Como organizar uma boa confraternização

Organizar um momento como este é bem mais prático do que parece: o importante é que os profissionais sintam-se à vontade no evento! A aposta é por um lugar aconchegante, que atenda aos requisitos de organização e bom atendimento – além, é claro, de possuir um menu de qualidade.

O ideal é um ambiente reservado especialmente para o público em questão, de acesso exclusivo. Não são necessários grandes protocolos: a ideia e tornar o ambiente descontraído, propício para a aproximação dos funcionários e que possibilite a troca de experiências.

Como escolher o local ideal

O primeiro ponto a ser observado é o acesso, que deve ser fácil a todos. O segundo refere-se à própria estrutura do local, que deve trabalhar praticidade e conforto simultaneamente. Um ambiente seguro, devidamente climatizado e que permita a personalização da decoração é essencial.

A possibilidade de ambientes diferenciados também agrega valor ao evento – espaços internos e externos, de acesso livre e exclusivo aos funcionários da empresa são uma boa aposta. Por isso, cada vez mais empresas têm optado por realizarem suas confraternizações não mais em locais como restaurantes, mas em buffets, que possuem versatilidade e espaço adequado para receber esse tipo de evento.

Como definir o cardápio da confraternização

Quanto ao cardápio, nada mais justo que apostar na variedade. Pratos diversos, elaborados com capricho e criatividade são a melhor opção para esta ocasião. É importante levar em conta a necessidade de elaboração de pratos especiais, no caso de haver funcionários com alergias, vegetarianos, etc.

Quando se fala neste tipo de evento, sem dúvidas, um dos itens mais importantes é a alimentação, por isso, o menu é uma peça fundamental para o sucesso da confraternização.

A confraternização é um momento de convivência com os funcionários e uma excelente oportunidade para engajá-los e motivá-los para, juntos, buscarem melhor produtividade e resultados para a empresa.

Agora que você já conhece a importância da confraternização, veja neste post dicas do que levar em consideração na hora de escolher um buffet para a realização do evento.

 

Comentários  / 2

Deixe uma resposta