A festa de casamento é o momento de concretização dos sonhos dos noivos. Surgem diversas ideias de como tornar essa ocasião inesquecível, entretanto é preciso cuidado para que tudo seja bem planejado e não estoure o orçamento. Confira nossas dicas!

1. Defina com clareza qual será o orçamento disponível

Muitos noivos guiados pela ansiedade acabam realizando compras e locações sem verificarem se eles não impactarão mais do que o desejado em seu orçamento. Tenha um número em mente e sempre pense no percentual que cada gasto reduzirá de sua verba disponível.

2. Estabeleça – e procure não mudar – o número de convidados

O número de convidados impacta diretamente no seu orçamento, isso porque boa parte dos custos da festa de casamento está atrelada a eles (buffet, lembrancinhas, tamanho do salão, etc). Por isso, os noivos precisam ser criteriosos nesse momento e buscar não variar o número de convidados no decorrer do planejamento da festa.

3. Evite a alta temporada

Caso não seja prioridade para você, evite agendar a data da cerimônia para maio. Os meses finais do ano também costumam ser bastante procurados, o que faz com que os custos de locação para esses períodos sejam maiores. Se possível, busque datas alternativas, isso fará com que você maximize sua verba disponível, não fuja do orçamento e possa investir mais em outros itens mais prioritários de sua festa.

4. Sempre pesquise o que é mais vantajoso: alugar ou comprar

Antes de comprar algum item, pesquise se não é mais vantajoso e menos dispendioso alugá-lo. Do vestido à decoração, é possível encontrar praticamente tudo para locação. Há fornecedores especializados nesse tipo de serviço e que poderão ajudar os noivos a encontrar a opção perfeita e que caiba no orçamento.

5. Contrate tudo com antecedência

Começar a planejar a festa de casamento com antecedência traz muitas vantagens. O casal poderá tomar as decisões com mais tempo, ficará mais tranquilo e, ainda, poderá pesquisar e negociar melhor os valores com os fornecedores. Quanto mais próximo à data de cerimônia, mais difícil fica de negociar.

6. Avalie a contratação de um bom DJ

Junto ao buffet, a animação da festa é outro item essencial para o sucesso do evento. Contratar bandas ou cantores pode elevar seus custos, um DJ experiente pode dar conta da tarefa. Busque recomendações de profissionais que já tenham trabalhado em festas de casamento e feche o repertório com antecedência.

7. Utilize elementos DIY na decoração

O DIY, ou “do it yourself”, – faça você mesma – é uma tendência que fornece um clima mais personalizado e intimista para as festas de casamento. Além disso, pode reduzir os custos com decoração da festa. Utilizar mural de fotos ou de recados, origamis, lousas caseiras ou enfeites de mesa feitos por você podem ser boas opções. Amigos e familiares também poderão ajudar, transformando este em mais um momento de aproximação e interação entre eles e os noivos.

8. Feche um pacote de serviços com o buffet escolhido

Priorize buffets que, além do cardápio, ofereçam salão e serviços complementares. Centralizar serviços com um fornecedor competente fará com que seus custos sejam menores, ao fechar um pacote, e lhe dará mais segurança e tranquilidade para dedicar-se aos demais itens de seu casamento.

Confira aqui mais dicas de como escolher o serviço de buffet do seu casamento.